Nota à comunidade intermicronacional sobre os ataques portugueses

04/12/2018

Presidência da República

Secretaria Federal das Relações Exteriores

Serviço Diplomático Nacional

O Governo da União dos Estados da Platina condena veementemente os ataques patrocinados e promovidos pelo Império Português, pela Rede Gospel portuguesa e pelo Príncipe Bertochi contra o Ex-Presidente da República John Juan Escobar e o povo platino.

Durante toda a sua história micronacional desde os primórdios de sua fundação e estabilização como micronação de pleno direito, a extinta República da Geórgia do Sul e a extinta República Federal da Geórgia condenaram, e a União dos Estados da Platina condena qualquer tipo e forma de preconceito e discriminação com base na fé, opinião política, sexualidade e manifestação de qualquer pessoa.

A sexualidade de cada um é um tema estritamente pessoal de cada indivíduo, não cabendo ao Estado em qualquer de suas instâncias legislar sobre a livre escolha de cada um, da mesma forma, nenhum outro tipo de instituição ou igreja tem a legitimidade ou a autoridade para legislar sobre.

A União dos Estados da Platina em toda sua composição atual de cidadãos, tem um membro homossexual com atividade, o Chefe do Serviço Diplomático Nacional, Ex-Presidente da República e Ex-Primeiro Ministro Miguel Domingues, tendo o mesmo se sentido ofendido pelas ações portuguesas que trouxeram à tona o pensamento de altos membros da Coroa e do Governo Português.

O Estado Platino por meio de sua Secretaria Federal das Relações Exteriores e seu Serviço Diplomático Nacional envia um pedido de desculpas oficial pela invasão e consequentemente ocupação do território da República Oriental do Uruguai, denominada em Portugal como Província Cisplatina, ao Império Português.

Da mesma forma, o Estado Platino aguarda de Portugal uma retratação ao Ex-Chefe de Estado John Juan e ao povo platino pelos ataques repugnantes e desnecessários promovidos pelo Estado Português, suas instituições e seus membros.

Córdoba

4º dia do mês de dezembro de 2018

II da Independência e da República